Quinta, 20 De Junho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Brasil conquista os ouros masculino e feminino, no Mundial de Beach Handball


Publicado em 15 de julho de 2012
Por Jornal Do Dia


...e a seleção masculina conquistou o tricampeonato no Al Musannah Sports City, em Omã

A seleção brasileira de beach handball feminino conquistou o bicampeonato mundial...

O Al Musannah Sports City, em Omã, se vestiu de verde e amarelo nesta sexta-feira 13, para comemorar a dupla medalha de ouro do Brasil no Campeonato Mundial de Beach Handball. As Seleções Masculina e Feminina conquistaram o título após vencer a Hungria e a Dinamarca, respectivamente. Este é o terceiro título dos homens na competição que contou com 12 equipes de cada naipe. Anteriormente, a equipe foi campeã no Rio de Janeiro-2006 e na Turquia-2010. Já o feminino garantiu o bicampeonato. A primeira vez que as meninas subiram ao lugar mais alto do pódio foi também na mesma ocasião na capital fluminense.

A equipe feminina, que tem no comando a técnica Rossana Marques, foi a primeira a comemorar a conquista, depois que derrotou a Dinamarca por 2 a 0 (20/10 e 17/14). Na partida, a equipe nacional foi dominante, deixando as adversárias praticamente apagadas em quadra. A campanha brasileira na competição foi extremamente positiva com apenas duas derrotas, uma contra a Croácia e outra contra a própria Dinamarca. A Noruega, campeã da edição passada, garantiu a medalha de bronze ao vencer a Hungria, também por 2 a 0 (20/17 e 23/19).

O jogo contra a Ucrânia pelo masculino foi um pouco mais apertado e terminou 2 a 1 para os brasileiros (18/19, 18/15 e 6/2).

Diferente das mulheres, o elenco masculino passou por uma renovação muito grande recentemente e, por isso, tem um motivo a mais para comemorar, já que da mesma maneira conseguiu o resultado.

O único resultado negativo para o País no naipe durante o campeonato foi contra a Rússia, o que não abalou em nada a confiança da equipe. O bronze foi para a Croácia, melhor na disputa com a Rússia por 2 a 0 (21/16 e 21/16).

Para o presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Manoel Oliveira, os títulos confirmam o excelente trabalho que vem sendo feito na modalidade. "Aproveito para agradecer ao Ministério do Esporte, que por meio do programa Bolsa Atleta, possibilita que os integrantes das Seleções Brasileiras se dediquem aos treinamentos, além do Comitê Olímpico Brasileiro, que proporciona pela lei Agnelo Piva a preparação e viagens para as equipes", declarou.

O Brasil ainda teve mais motivos para celebrar com a indicação de quatro atletas como destaques individuais do campeonato. A lateral direita Patrícia Scheppa foi eleita a melhor jogadora do Mundial, além de melhor em sua posição. Millena Braga foi a melhor lateral-esquerda. Entre os homens, Wellington Esteves foi o melhor lateral direito e Diogo Vieira o defensor mais eficiente.

Classificação final:

Masculino: 1. Brasil – 2. Ucrânia – 3. Croácia – 4. Rússia – 5. Espanha – 6. Egito – 7. Catar – 8. Omã – 9. Barein – 10. Kuwait -11. Uruguai – 12. Austrália

Feminino: 1. Brasil – 2. Dinamarca – 3. Noruega – 4. Hungria – 5. Croácia – 6. Uruguai – 7. Itália – 8. Austrália – 9. China – 10. Polônia – 11. Tailândia – 12. Singapura

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE