Quarta, 19 De Junho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Brigada itinerante é a tropa de elite contra a dengue no Estado


Publicado em 26 de julho de 2012
Por Jornal Do Dia


Agentes de endemias trabalham para evitar nova epidemia de dengue

"A Brigada Itinerante de combate à Dengue atua como se fosse uma tropa de elite na destruição de focos de mosquito", declara o coordenador de Promoção e Prevenção à Saúde da Fundação Estadual de Saúde (Funesa), Carlos Adriano de Almeida.

Cerca de 30 agentes de endemias, contratados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Funesa, atua nos municípios mais críticos. Esta semana os agentes estão em Santa Rosa de Lima.
Conforme a coordenadora do núcleo de Endemias da SES, Sidney Sá, a Brigada Itinerante é enviada aos municípios de acordo com o levantamento epidemilógico (número de casos de dengue notificados e confirmados) e entomológicos (quantidade de larvas e mosquitos) existentes no município.

Vetor – "A Brigada Itinerante trabalha diretamente na destruição do vetor (mosquitos e larvas), mas também tem uma função educativa, pois faz palestras em escolas e associações, quando solicitado", informa Almeida.
De acordo com a diretora da Clínica de Saúde da Família de Santa Rosa de Lima, Clézia Patrícia Martins, o índice de dengue do município só começou a baixar com a ajuda do Estado."Nós só conseguimos baixar nossos índices de casos de dengue com a ajuda do Estado, da comunidade e dos nossos agentes", revela.
A moradora de Santa Rosa de Lima, Maria Raimunda Santos Almeida, aprova o trabalho da equipe. "Eu sempre os recebo com educação porque sei que é para o bem e a saúde da comunidade".
Para a agente de endemias Bruna Elis Ferreira Lobo dos Santos, o trabalho é gratificante."Eu me sinto feliz em realizar esse trabalho e ver que as pessoas realmente precisam desse trabalho", conclui.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade