Quarta, 28 De Fevereiro De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Diretora processa Ednaldo por assédio sexual e moral


Avatar

Publicado em 06 de janeiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues

Ex-diretora de infraestrutura da CBF está processando a gestão de Ednaldo Rodrigues por assédio moral e sexual. Em processo que tramita no TRT da 1ª região, Luisa Xavier pede indenização de R$ 1,8 milhão. As informações são de Lauro Jardim, do O Globo.
As informações são de que Luisa assumiu a posição de diretora na entidade em abril de 2022, tornando-se a primeira mulher a ocupar o cargo e sendo desligada de suas funções em julho de 2023.
Segundo a diretora, em maio de 2023, apresentou denúncias de assédio ao comitê de ética da CBF. No entanto, dois meses depois, foi demitida durante uma reunião em que foi acusada de vazar documentos à imprensa.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade