Terça, 25 De Junho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

“Gasta-se milhões com festa, enquanto o povo sofre com a fome e o desemprego”, dispara Linda Brasil


Publicado em 06 de junho de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Na quarta-feira (5), durante a sessão da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), a deputada estadual Linda Brasil (Psol) expressou sua profunda preocupação com os últimos indicadores da economia do estado, que, segundo ela, acendem um sinal de alerta. Ela criticou duramente a administração pública por sua falta de ação efetiva para enfrentar os desafios econômicos e sociais.
A parlamentar destacou um estudo recente do Banco do Brasil que projeta um crescimento do PIB de Sergipe de apenas 1,7% para este ano, uma queda significativa em comparação aos 2,8% registrados em 2023. “Estamos testemunhando um declínio alarmante em nosso crescimento econômico, evidenciando a fragilidade da nossa economia”, afirmou Linda Brasil. Ela também mencionou que a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro classificou Sergipe como o sexto pior estado em investimento público por habitante no ano passado.
Além da estagnação econômica, Linda chamou a atenção para a crise de emprego no estado. Em março, Sergipe foi o estado do Nordeste que menos abriu postos de trabalho. “Estamos enfrentando um cenário de desemprego que agrava ainda mais a situação de vulnerabilidade de nossa população”, alertou.
Com uma população de cerca de 2,2 milhões de pessoas, quase 1,4 milhões estão inscritos no CadÚnico, demonstrando que mais da metade dos sergipanos vivem em situação de baixa renda. Mais de 815 mil pessoas recebem o Bolsa Família, programa destinado a famílias com renda mensal de até R$ 218,00 por pessoa. “Esses números são um indicativo claro da precariedade econômica em que se encontra uma parte significativa de nossa população”, destacou a deputada.
A situação é ainda mais grave no que diz respeito à insegurança alimentar. Pesquisa do IBGE coloca Sergipe no topo do ranking nacional de insegurança alimentar, com aproximadamente 126 mil pessoas passando fome. “É inaceitável que em pleno século 21, tantas pessoas em nosso estado estejam literalmente passando fome”, lamentou Linda Brasil.
A deputada também fez uma crítica contundente aos gastos públicos do Poder Executivo, destacando os R$ 25 milhões destinados ao “Arraiá do Povo”. “Estamos diante de uma política do ‘pão e circo’, onde se gasta milhões em festas enquanto nossa população sofre com fome e desemprego. Isso demonstra uma clara falta de vontade política para resolver os problemas reais do nosso estado”, afirmou.
Linda Brasil concluiu sua fala exigindo uma reavaliação das prioridades do governo estadual e uma ação mais efetiva e direcionada para enfrentar a crise econômica e social que assola Sergipe. “Precisamos de investimentos em políticas públicas que promovam a geração de empregos, a segurança alimentar e o bem-estar da nossa população, e não de medidas superficiais que apenas mascaram a realidade”, finalizou a deputada.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade