Sábado, 20 De Julho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Seed solicita a convocação de 248 professores


Publicado em 01 de agosto de 2012
Por Jornal Do Dia


A Secretaria de Estado da Educação( Seed). encaminhou ontem ofício à Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, solicitando que sejam convocados mais 248 professores que foram aprovados no concurso público para o magistério. Desse total, 56 professores da Educação Básica serão lotados em Aracaju (DEA); 134 atuarão em municípios que compreende a DRE 03: Campo do Brito, Macambira, São Domingos, Carira, Pinhão, Pedra Mole, Frei Paulo, São Miguel do Aleixo, Nossa Senhora Aparecida, Ribeirópolis, Moita Bonita, Itabaiana, Areia Branca e Malhador e 58 irão para a DRE 07, que compreende os municípios de Porto da Folha, Gararu, Itabi e Nossa Senhora de Lourdes.

Os 248 que serão convocados irão exercer o cargo de Professor de Educação Básica, Nível 1, Classe A, da carreira do Magistério Público Estadual, do Quadro Permanente de Pessoal Efetivo do Poder Executivo – Administração Direta. Conforme solicitação da Secretaria de Estado de Educação (Seed), os  convocados irão compor os quadros das Diretorias de Educação 03 e 07 e DEA(Aracaju) nas seguintes áreas: polivalente, biologia, física, geografia, educação física, filosofia, história, língua espanhola, língua inglesa, matemática, química e sociologia.

No dia 24 deste mês o governador Marcelo Déda havia assinado decreto de nomeação de 195 professores que foram aprovados no concurso público, promovido pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag).Realizada no último mês de abril, o certame foi promovido para ocupação de 1.700 vagas no Magistério estadual. A seleção visa suprir o déficit de docentes da rede, provocado pela aposentadoria de centenas de profissionais, como também pela criação e inserção de novas disciplinas e matizes curriculares em determinadas áreas de ensino.

Rede estadual – O governador Marcelo Déda explicou que com a nomeação, os aprovados começam a trabalhar já no segundo semestre do ano letivo corrente. "Com o decreto assinado, esses professores passarão a trabalhar já no segundo semestre, ajudando a organizar o nosso calendário e reduzir prejuízos decorrentes da última paralisação. Esperamos que todos sejam muito bem vindos ao magistério público estadual. Temos confiança que esses novos professores ajudarão o nosso esforço de melhorar a qualidade da educação, ampliar o acesso e garantir o funcionamento adequado para a rede estadual de ensino", disse.

Para o secretário Belivaldo Chagas, a realização de concursos públicos legitima o compromisso do Estado com a qualidade dos serviços prestados."É mais um esforço que o Governo do Estado faz para melhorar o atendimento dos jovens e adolescentes que estudam na rede pública estadual de ensino", ressaltou.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade