Sexta, 01 De Março De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Três sergipanos conquistam nota máxima na redação


Avatar

Publicado em 17 de janeiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


O Ministério da Educação desconsidera aquelas de nota zero, isso porque ao zerar essa parte da prova, o candidato feriu todos os requisitos de avaliação.

Milton Alves Júnior
 
Três sergipanos conquistaram a nota máxima na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2023), conforme revelado na manhã de ontem pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Em todo o país 60 candidatos atingiram 1.000 pontos; no ranking geral, entre os 26 estados brasileiros – além do Distrito Federal -, Sergipe divide a nona posição, com o estado do Pará, região Norte do país. Quase 50% do quantitativo geral de candidatos com a pontuação máxima é formado por nordestinos. 
Os estados da Bahia e do Ceará registraram oito – de igual modo, quatro para cada; logo em seguida surge Sergipe com três, e Pernambuco com dois. Paraíba, Maranhão e Alagoas não atingiram a nota máxima. O tema da redação foi: “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”. Durante entrevista coletiva concedida na manhã de ontem, o ministro da Educação, Camilo Santana, revelou que o Governo Federal está planejando uma política de reconhecimento dos jovens e professores responsáveis pelos dos textos. Ainda de acordo com o Inep, em 2023, o quantitativo de nota mínima da redação foi de 40.
O Ministério da Educação desconsidera aquelas de nota zero, isso porque ao zerar essa parte da prova, o candidato feriu todos os requisitos de avaliação. Já a nota média foi de 641,6. Aplicado nos dias 5 e 12 de novembro de 2023, o Exame Nacional do Ensino Médio teve 4.018.414 de inscritos, contudo, apenas 2.734.100 fizeram as provas no ano passado – representando 68% de participação. O índice de 2023 mostra um crescimento pequeno no índice de inscritos e de participantes em relação aos dois anos anteriores (2022 e 2021), época que o país enfrentava a pandemia de Covid-19. Durante transmissão ao vivo pelo canal oficial do Governo Federal, o ministro garantiu que medidas estão sendo adotadas para ampliar o número de candidatos.
Entre estas ações estão: articular com as redes de educação básica (estadual e municipal) visando identificar e compreender as métricas de desistência (concluintes do ensino médio e os demais candidatos) de cada estado; pesquisa do Inep com os jovens concluintes do ensino médio para saber o motivo de não terem ido fazer as provas; fortalecer a campanha nacional do Enem para estimular a inscrição, em especial a de jovens que vão se formar no ensino médio; e, conforme já destacado nesta matéria, reconhecer e premiar os participantes donos da redação nota mil. Na edição do Enem 2022, apenas 18 candidatos atingiram a nota máxima; na ocasião o tema foi: “desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil”.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade