Quarta, 28 De Fevereiro De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

TRIBUNA


Avatar

Publicado em 20 de janeiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Escolha do candidato
Lideranças de partidos que participaram da campanha do governador Fábio Mitidieri (PSD) em 2022, se reuniram no início da semana para iniciar a discussão sobre a sucessão municipal de Aracaju e como seria o processo de escolha.
Os nomes de Luiz Roberto (PDT), Fabiano Oliveira (PP) e Yandra Moura (UB) foram citados pela base aliada durante a reunião. O senador Alessandro Vieira (MDB) informou que a delegada Daniela Garcia deverá se filiar ao partido e se apresentará como candidata à Prefeitura da Capital.
Também participaram da reunião o presidente regional do PSD, ex-governador Belivaldo Chagas, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), o vice-governador Zezinho Sobral (PDT), o presidente da Assembleia, Jeferson Andrade, o senador Laércio Oliveira, o presidente regional do União Brasil, André Moura, e outras lideranças
A defesa da candidatura de Luiz Roberto feita por Edvaldo parece já ter sido incorporada pelo governador Mitidieri, tanto que ele aguarda a resposta de Fabiano para trocar o PP pelo PSD para vir a ser indicado candidato a vice-prefeito.

Contra a desinformação
No dia 29 de janeiro, às 8h30, o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) e instituições parceiras assinarão o Pacto Contra a Desinformação nas eleições 2024. O Pacto tem o objetivo de unir as instituições participantes do processo eleitoral em torno da responsabilidade solidária e do compromisso ético de preservar a integridade e a legitimidade das Eleições 2024.
Os valores tutelados pelo pacto são: Democracia, Verdade, Legitimidade, Integridade, Transparência, Segurança, Agilidade e Acessibilidade. Os pactuantes assumirão o compromisso de desestimular e denunciar conteúdos enganosos e informações falsas, atuando contra a criação e a utilização de redes de desinformação e condutas ilícitas em campanhas eleitorais.
Outras instituições poderão aderir ao Pacto Contra a Desinformação, o qual terá vigência durante o período eleitoral das eleições 2024. O endereço eletrônico oficial sobre o enfrentamento à Desinformação na Justiça Eleitoral é o https://www.justicaeleitoral.jus.br/desinformacao/. A página oficial para esclarecimentos sobre informações falsas é a FATO ou BOATO.

Refinaria Abreu e Lima
O senador Rogério Carvalho (PT) utilizou suas redes sociais para comemorar a retomada das obras da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), no Complexo Industrial Portuário de Suape, em Ipojuca, no Grande Recife. A autorização para a retomada da obra foi do presidente Lula.
Para o senador, essa ação marca o início de um processo significativo de reestruturação da Petrobras em todo o país. “O pontapé de investimentos da Petrobras no Nordeste foi dado em Pernambuco nesta tarde para ampliar a capacidade de produção e escoamento”, celebrou.
Rogério Carvalho, que lidera uma campanha pela retomada da operacionalização da Petrobras em Sergipe, vê com otimismo o impacto positivo dessa iniciativa em seu estado natal. “Agora, é manter a mobilização aqui em Sergipe para que o governo Lula retome o nosso sonho da volta da Petrobras em nosso estado. Queremos investimentos, produção e empregos de qualidade”, acrescentou.

Linda Brasil e o Psol
A deputada estadual Linda Brasil (Psol) usou suas redes sociaispara confirmar a oficialização da sua companheira de partido, Niully Campos, como pré-candidata à Prefeitura de Aracaju nas eleições de 2024. Linda afirmou que estará na luta pela consolidação do projeto do partido, mas lamentou que a decisão tenha ocorrido de maneira isolada por apenas uma tendência, diferente das decisões históricas do Diretório Municipal.
“À companheira Niully meu máximo respeito e admiração. Estaremos juntas! Mas, não posso deixar de expressar que essa decisão foi tomada de maneira inédita apenas pela direção do partido, sem ouvir a militância em plenárias de base como tradicionalmente era feito no PSOL. Também é preciso dizer que a decisão foi tomada de maneira isolada, refletindo apenas a posição de uma única tendência, a Primavera Socialista, e da qual fazem parte o ex-deputado estadual Iran Barbosa e Niully. Contávamos com o apoio de todas as outras tendências e da militância independente”, escreveu.
Para Linda, a decisão da maioria isolada da direção não refletia o clima da militância organizada e independente que estava na reunião ampliada. “Assim como não reflete as mais de 600 assinaturas de militantes do PSOL, ativistas lideranças populares e sindicais que assinaram um manifesto em apoio a minha pré-candidatura, e as pesquisas divulgadas nas quais apareço como o nome do PSOL mas bem posicionado, em razão do reconhecimento da minha trajetória militante, da trajetória eleitoral (duas vezes a mais votada em Aracaju), e da atuação parlamentar em defesa da classe trabalhadora”, complementou.
A deputada garantiu que respeita a decisão, e reforçou que continua com seu nome à disposição para construção do partido. “Continuo na luta, nas ruas, na Assembleia Legislativa de Sergipe e na construção das candidaturas do PSOL para combater a direita e a extrema-direita que hoje lideram as pesquisas eleitorais. Vamos que vamos, fazer do PSOL a referência da esquerda sergipana!”, finalizou.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade