Quarta, 28 De Fevereiro De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Ato em Aracaju defende fortalecimento da democracia


Avatar

Publicado em 09 de janeiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Manifestação no centro de Aracaju pelo fortalecimento da democracia (Divulgação)

Milton Alves Júnior
 
Em defesa da democracia e fortalecimento dos três poderes constitucionais, centenas de aracajuanos se reuniram durante toda a manhã de ontem na região central da cidade. Organizado por centrais sindicais, movimentos sociais, grêmios estudantis e centros acadêmicos, a mobilização contou com o apoio de prefeitos, vereadores, deputados estaduais e sociedade civil em geral. Denominada: ‘Democracia Inabalada’, a mobilização foi realizada em todos os estados brasileiros, além de ato unificado em Brasília, e em países com ampla comunidade brasileira a exemplo dos Estados Unidos da América (EUA), França e Portugal.
“A gente entende que o que aconteceu há um ano foi um ataque brutal à democracia, um verdadeiro golpe de estado, felizmente resistimos. Neste dia simbólico, estamos reunidos para deixar mais em evidência que a democracia é fundamental para que possamos lutar por direitos. Não há condições – e isso observamos nos 21 anos em que o Brasil foi controlado por uma ditadura militar -, de nos manifestar na busca pelos nossos direitos se a democracia estiver fragilizada”, destacou o presidente da Central Única dos Trabalhadores em Sergipe, Professor Roberto Silva.
Compartilhando com as declarações do presidente estadual, Ivonete Cruz, que também responde pela diretoria-executiva da CUT nacional, destacou que é preciso que todas as pessoas envolvidas na invasão e destruição do patrimônio público em 08 de janeiro do ano passado sejam punidos conforme previsto no código penal brasileiro. “Uma coisa é mostrar insatisfação com alguma situação, é democrático criticar e pleitear, mas o que houve em Brasília foi uma agressão à ordem e autonomia do país, e por este motivo defendemos punição máxima, sem anistia. Todos que estavam naquele fatídico ato sabiam muito bem que pleiteavam uma ação inconstitucional e antidemocrática”, enalteceu.
À convite da Presidência da República, o governador Fábio Mitidieri, juntamente com outros 22 chefes de Poder Executivo nacional, esteve em Brasília para participar da ‘Democracia Inabalada’. Os governadores foram recepcionados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e pelos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG); da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, além ministros, parlamentares e representantes da sociedade civil e do Poder Judiciário. Fábio Mitidieri utilizou as respectivas redes sociais pra anunciar a chegada na capital federal.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade