Segunda, 15 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Escolas começam a receber absorventes


Avatar

Publicado em 21 de fevereiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


HOMEM TRANSPORTE CAIXAS DE ABSORVENTES QUE ESTÃO SENDO ENCAMINHADAS PELA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PARA ESCOLAS ESTADUAIS (Maria Odília/SEED)

Para assegurar que nenhuma pessoa de 9 a 21 anos de idade que menstrua, matriculada na rede pública estadual de ensino, abandone a escola ou seja infrequente, o Governo de Sergipe passa a disponibilizar absorventes íntimos higiênicos nas 319 escolas da rede pública estadual. O item faz parte do Programa Estadual de Promoção, Proteção e Prevenção da Saúde Menstrual nas Escolas (Cuidar-SE) e começou a chegar às escolas desde o dia 15 de fevereiro, e sua entrega deve ser concluída até o fim deste mês.
Na Regional de Educação 8, que compreende as 53 escolas estaduais dos municípios da Grande Aracaju, a diretora Marleide Cruz de Araújo confirmou a chegada de cerca de 30 mil pacotes de absorventes. Ela destaca que há um cronograma de visitas às escolas, a fim de que a gestão tenha conhecimento das diretrizes do Cuidar-SE. “O programa estadual não distribui absorventes, mas disponibiliza o item na escola e vai além da questão da assistência social e de saúde, já que há um cunho pedagógico de promoção da educação em saúde, da dignidade menstrual e da higiene pessoal”, diz.
No Colégio Estadual Maria José Santos Souza, no Marcos Freire I, em Nossa Senhora do Socorro, os absorventes foram disponibilizados desde a quarta-feira (21). A escola dividirá os itens por lotes, em três turnos, e quando a pessoa necessitar, recorrerá à direção da unidade escolar. “Sabemos o quanto é importante e já comprávamos alguns pacotes para deixar na escola. Agora, fica bem mais fácil o acesso. Há meninas que não têm em casa, e é fundamental que disponibilizemos na escola”, explica a coordenadora da unidade escolar, Elisabeth Cristina.
O diretor do Colégio Estadual Maria José Santos Souza, professor Leandro Calazans, conta que a disponibilidade do absorvente higiênico já era um item diário da escola. “É uma política que previne a evasão escolar, dá autoestima e traz mais conforto para nossas alunas”, avalia.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade