**PUBLICIDADE


Lei e ordem


Publicado em 07 de junho de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Uma operação dedicada ao cumprimento de centenas de mandados de prisão em aberto, em desfavor de investigados por envolvimento nos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023, foi deflagrada ontem pela Polícia Federal (PF). Entre os alvos, cidadãos que romperam o lacre de tornozeleiras eletrônicas, demonstrando completo desprezo pela Justiça.
De nada adianta apelar para meias palavras, como. Chamar os atos golpistas deflagrados desde o resultado das eleições de antidemocráticos resvala eufemismo. Trata-se de terrorismo doméstico, puro e simples. Golpistas são criminosos.
Ainda há multas e prisões a serem decretadas, como já advertiu o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Cedo ou tarde, todos os criminosos serão punidos.
Antes tarde do que nunca, o terrorismo bolsonarista está com os dias contados, há de ser extirpado de uma vez por todas, já tem data certa para acabar.
Felizmente, o poder judiciário trata o caso com o devido rigor, ao contrário do comportamento adotado pela grande imprensa ao longo dos anos tenebrosos do bolsonarismo. Nos casos mais graves, os envolvidos são acusados de crimes como tentativa de abolir violentamente o Estado Democrático de Direito, associação criminosa armada e dano a patrimônio tombado da União. Para estes, nem mais nem menos do que a letra da Lei.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE