**PUBLICIDADE


PM nanica


Publicado em 27 de junho de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Sob Mitidieri, a Polícia Militar de Sergipe se apequena. Boa  escolaridade e estatura já não são considerados requisitos para eventuais candidatos serem incorporados à tropa.
O governo de Sergipe obteve a autorização para diminuir a altura mínima dos candidatos às vagas de soldado na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros. Até segundo aviso, será exigido apenas a formação em nível médio.
Trata-se aqui do Projeto de Lei Complementar (PLC) de nº 15/2024, enviado pela gestão estadual, foi aprovado na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) última quarta-feira (26).
O ganho imediato do PLC aqui em questão, no entanto, é mínimo. Os PMs sergipanos podem ficar até cinco centímetros mais baixos, além de ostentar uma formação francamente insuficiente.
O governo ressalta que, a respeito da mudança nos critérios, o treinamento e formação dos policiais e bombeiros militares continuarão a ser os mais rigorosos, inclusive durante os respectivos cursos de formação. O alegado rigor, no entanto, deveria ser adotado já durante a seleção dos candidatos.
Não dá para entender o objetivo do governo estadual ao mobilizar a sua base na Alese, em favor de uma tropa apequenada. Fala-se em democratização do acesso. Em verdade, no entanto, este é o menor dos problemas enfrentados pela administração estadual na seara da segurança pública.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE