Domingo, 14 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Prefeitura vai recuperar abrigos


Avatar

Publicado em 12 de maio de 2013
Por Jornal Do Dia


OS ABRIGOS E TERMINAIS DE ÔNIBUS DE ARACAJU ESTÃO COMPLETAMENTE DESTRUÍDOS E NÃO OFERECEM CONFORTO E SEGURANÇA A POPULAÇÃO

Ponto de ônibus na Avenida Nova Saneamento: falta de responsabilidade do poder público

Milton Alves Júnior
[email protected]

Falta de cobertura, assentos e registro de milhares de pontos de ferrugem. Essas são apenas algumas das características mais comuns encontradas diariamente por usuários do transporte publico da Grande Aracaju quando necessitam utilizar um abrigo de ônibus. Segundo dados da Prefeitura de Aracaju, atualmente a capital sergipana contabiliza mais de 500 pontos e muitos deles foram adquiridos e instalados ainda na década de 1990. Após o Ministério Público Estadual (MPE) ter ajuizado uma Ação Civil Pública no mês passado, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT/AJU) informou na última terça-feira, 07, que serão instalados 100 novos abrigos.

Conturbado com a série de manifestações contra o aumento da passagem, o prefeito João Alves Filho (DEM) disse entender a maneira democrática com que os usuários do serviço protestam. Segundo o chefe do executivo municipal, a prefeitura vai trabalhar intensamente para qualificar o transporte coletivo, além dos pontos de ônibus e terminais de interligação. Pressionado pela ação ajuizada, João Alves também disse adquirir novos pontos após o vereador Jaílton Santana (PSC) ter apresentado uma planilha atualizada de todos os bairros aracajuanos que necessitam imediatamente dessa implantação. Entre os populares, há quem diga que esse anúncio não passa de mais uma ‘manobra’ política dos vereadores.

Pouco moderado nas palavras, o vendedor Carlos Mathias disse não acreditar em nenhuma atitude ‘futurista’ do governo João. "Ao longo dos últimos 30 dias o que percebemos é um riacho de desrespeito ao povo aracajuano que necessita desse transporte de péssima qualidade. Depois da maioria dos vereadores terem aprovado o reajuste da tarifa vem João e Jaílton tentar pincelar a votação pífia e incoerente da última terça". Após reunião com o prefeito da capital, o vereador conversou com a imprensa sergipana e garantiu que "os passageiros devem ter um tratamento decente".

Para ele, agora que outro grupamento político assumiu a prefeitura, o seu respectivo projeto que viabiliza a instalação de novos abrigos, enfim, sairá do papel. "A população não pode continuar sofrendo com a falta de pontos de ônibus em Aracaju. Com esse anúncio do prefeito eu acredito que tenha sido um bom começo, mas ainda não estamos satisfeitos. Nosso objetivo é garantir os abrigos para toda a cidade", afirmou o vereador. Entre os bairros que, por critérios de urgência apresentam maior necessidade de novos abrigos, estão: América, Siqueira Campos, São Conrado, além da Zona de Expansão.

Surpresos com o anúncio feito pelo prefeito, muitos passageiros esperam que a próxima atitude de João seja vetar o aumento da tarifa e, consequentemente, não sancionar o Projeto de Lei 102/2013. "Se é popularidade que ele deseja, esperamos que ele não sancione esse reajuste. Antes de aumentar a passagem, ele deve aumentar a frota de ônibus, regularizar os horários e inibir a insegurança que predomina nos abrigos e terminais", disse a cabeleireira Jackeline Victória, que concluiu dizendo: "Se o futuro se constrói com amor e trabalho, então que ele primeiro mostre serviço para o povo e depois atenda os desejos dos empresários".

Exigências – Além dos bairros já citados, o promotor de Justiça Daniel Carneiro, da Curadoria do Consumidor e dos Serviços de Relevância Pública, exige também que todo o conjunto Augusto Franco receba melhorias no sistema de transporte e abrigos. Conforme contido no termo de audiência pública, em caso de descumprimento será fixada multa diária de R$ 10 mil.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade