Terça, 23 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Presos acusados por morte de sergipano


Avatar

Publicado em 22 de fevereiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Policiais militares do estado do Mato Grosso, região Centro-Oeste do Brasil, prenderam no dia de ontem cinco pessoas suspeitas de envolvimento na morte do sergipano Allan Davi Andrade Sousa, de 18 anos. Nascido na cidade de Estância, o jovem teria se deslocado até Mato Grosso juntamente com o pai mediante a perspectiva de prestar serviços para uma empresa de manutenção asfáltica no município de Nova Nazaré. Desaparecido desde o último dia 07 de fevereiro, os primeiros indícios levantados pelo setor de inteligência da Polícia Civil demonstram que o jovem morreu enforcado; os autores do crime alegam que Allan tinha envolvimento da vítima com um grupo rival.
Responsável por conduzir as investigações, o delegado Mateus Soares Augusto revelou à imprensa local que suspeitos identificados e presos afirmaram em depoimento que um lençol foi utilizado para assassinar o sergipano; ficou registrado ainda que uma segunda pessoa teria sido levada para um cativeiro juntamente com Allan Davi, mas por motivos ainda não esclarecidos esta vítima foi liberada pelo bando. A expectativa é que todo o grupo seja condenado pelo crime de homicídio, bem como a possível vítima liberada seja identificada, e, posteriormente, convocada para apresentar detalhes capazes de elucidar o crime. O ato de tortura e assassinato aconteceu na zona rural de Água Boa, interior de Mato Grosso.
“O crime foi repleto de crueldade e a morte da vítima teve motivação banal. O sucesso da operação com a prisão dos suspeitos, resolução dos fatos praticados e localização do corpo da vítima, é resultado do comprometimento e dedicação dos policiais civis”, destacou o delegado. A última vez que o jovem foi visto com vida por amigos e familiares foi exatamente no dia 07 de fevereiro quando, conforme apresentado pelo colega de quarto, teria marcado um encontro com uma menina. Allan se arrumou, pegou a carteira, telefone, chaves e não mais retornou. No momento da abordagem foram apreendidas uma arma de fogo, duas facas, porções de drogas e dinheiro em espécie oriundo do tráfico de drogas.
O JORNAL DO DIA não foi informado sobre o translado do corpo para o estado de Sergipe.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade