**PUBLICIDADE


Sergipe sem emprego


Avatar

Publicado em 19 de janeiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Na contra mão de uma tendência nacional, o desemprego em Sergipe aumentou no primeiro ano da gestão de Fabio Mitidieri.
Levantamento do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) constata um aumento de 5,2% nos pedidos de seguro desemprego, em relação a ano anterior.
No acumulado de 2023, foram registradas 48.994 solicitações no estado. A soma anual representou aumento de 5,2% em relação ao acumulado em 2022.
O levantamento ecoa números igualmente preocupantes já divulgados e comentados pela imprensa local, sem reação notável do governo de Sergipe. Quase metade dos sergipanos tem dívidas em atraso, está inadimplente, com a corda no pescoço. A imagem é precisa. Para 41% da população, é preciso rebolar para chegar ao fim do mês.
O crescimento do desemprego, mais o grande percentual de sergipanos inadimplentes, é sintoma de um ambiente econômico adoecido.
As estatísticas do mercado de trabalho formal, aliadas à precarização e a apatia do governo estadual, têm o potencial de estimular o desalento. Sem perspectiva de uma oportunidade, o trabalhador sergipano luta também contra a própria falta de esperança, sob pena de sucumbir.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE