**PUBLICIDADE


Festas e turismo


Avatar

Publicado em 16 de fevereiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


O calendário festivo de Sergipe recebe atenção especial do poder público local. Após os 30 dias de forró, marco do primeiro ano de governo Mitidieri; passando pelo Natal Iluminado, fruto de feliz parceria com o sistema Fecomércio; o Réveillon, promovido pela Prefeitura de Aracaju; chega o mento de celebrar a estação mais quente do ano com o Verão Sergipe, que abarcou o carnaval estadual e, finalmente, o Projeto Verão, em que o governo do estado e a prefeitura da capital somam forças. Do calor à tradição, tudo é motivo para festa.
Há razões perfeitamente objetivas para que o prefeito Edvaldo Nogueira e o governador Fabio Mitidieri procedam assim. Em primeiro lugar, os dividendos econômicos derivados da alegria popular rendem uma boa soma aos cofres públicos, em forma de tributos. As festas geram emprego e renda, estimulam o setor de eventos e serviços. Além disso, há também os ganhos gerados pelo incentivo ao turismo. Tudo somado, o acerto de tal aposta é indiscutível.
Ontem, o prefeito Edvaldo Nogueira e o governador Fábio Mitidieri lançaram a programação do Projeto Verão 2024. A diversidade de gêneros musicais é notável, a programação tem o potencial de agradar gregos e troianos. A satisfação do público, sempre numeroso, projeta o sucesso de mais uma edição do evento praieiro.
Ainda é muito cedo para afirmar que Aracaju e Sergipe fazem parte da elite do turismo brasileiro, como fez o governador Fabio Mitidieri ontem, durante o lançamento do Projeto Verão 2024. Nesta seara, os números locais ainda são francamente modestos. De todo modo, o investimento continuado no turismo de eventos ainda há de render, sim, toda a sorte de dividendos para Sergipe e seus municípios.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE