**PUBLICIDADE


Frente ampla pela Petrobras


Avatar

Publicado em 07 de março de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Há alguns dias, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Jeferson Andrade, garantiu à Federação Única dos Petroleiros que a Alese  criaria uma Frente Parlamentar Estadual em Defesa da Petrobras, com o objetivo de defender os interesses estratégicos do Estado de Sergipe no setor de petróleo, gás e energia renovável. Ontem, a tal promessa começou a ganhar corpo.
Diversos Deputados estaduais já assinaram o Ato de Constituição da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras. Após o recolhimento de todas as assinaturas, serão escolhidos os representantes da Frente e realizados debates com a participação da sociedade, funcionários da empresa, Poder Executivo, gestores municipais, parlamentares estaduais e federais em torno de uma pauta única de valorização das atividades petrolíferas.
De acordo com o discurso oficial, a descoberta de substanciais reservas petrolíferas elevou  Sergipe a uma posição de destaque no setor energético brasileiro, como a nova fronteira de petróleo e gás do país. Na prática, contudo, a descoberta ainda não resultou em nenhuma consequência notável, o estado segue relegado a segundo plano pela maior estatal do país.
A Petrobrás deu as costas para Sergipe. O esvaziamento da estatal no estado se deu de modo sistemático. O primeiro Plano de Demissão Voluntário foi direcionado aos empregados que deveriam se aposentar até junho de 2020. Outro foi voltado para empregados de unidades da empresa que estão em processo de desinvestimento. O PDV mais recente foi direcionado para trabalhadores de setores corporativos.
A História de Sergipe é dividida em antes e depois da Petrobras. A afirmação é do então governador Jackson Barreto, inspirada pelos 50 anos transcorridos desde a perfuração do primeiro poço de petróleo em território sergipano, comemorados em 2013, e não poderia ser mais exata. Sem os postos de trabalho e a renda gerada pela presença da companhia entre os limites de nossas fronteiras, o quadro econômico estadual, já dramático, tem o potencial de desandar de uma vez.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE