**PUBLICIDADE


Mais escola


Avatar

Publicado em 13 de março de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Mais do que erguer prédios bem equipados, a fim de instruir os jovens brasileiros do modo mais adequado, a expansão da rede federal de ensino técnico oferece boas oportunidades. A criação de 100 novos campi de institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) ilumina o futuro.
O plano de ação foi lançado ontem. O objetivo do governo é aumentar a oferta de vagas na educação profissional e tecnológica e criar oportunidades para jovens e adultos, especialmente os mais vulneráveis. A iniciativa alcançará todas as unidades da federação e vai gerar 140 mil novas vagas, a maioria em cursos técnicos integrados ao ensino médio.
A expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica foi anunciada por Lula em dezembro de 2023, durante sua participação na Conferência Nacional de Juventude, com intenção muito clara: trata-se de equipar os institutos federais – instituições especializadas na educação profissional e tecnológica – a fim de que estes espaços se transformem em verdadeiras plataformas de desenvolvimento.
As providências chegam em boa hora. As crianças brasileiras aprendem a ler e escrever cada vez mais tarde. Ao fim do ensino médio, poucos estudantes são capazes de compreender um texto simples, ou realizar operações matemáticas básicas. 
De acordo com levantamento do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgados ano passado, o impacto da pandemia de covid-19 nas salas de aula foi devastador. 
Sim, a escola dos brasileiros vai de mal a pior. Ainda assim, a escola, os institutos federais incluídos, ainda é a única estratégia a disposição dos jovens brasileiros com o potencial de transformar o seu futuro.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE