Quinta, 25 De Julho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Revoltados, passageiros depredam dois ônibus


Publicado em 11 de julho de 2012
Por Jornal Do Dia


Revoltados com a demora e superlotação, populares depredaram dois ônibus dentro do Terminal Leonel Brizola

REVOLTADOS COM A DEMORA E SUPERLOTAÇÃO, POPULARES DEPREDARAM DOIS ÔNIBUS DENTRO DO TERMINAL LEONEL BRIZOLA

Cândida Oliveira

A superlotação já é comum nos ônibus coletivo que circulam em Aracaju, mas ontem, terça-feira, a população se rebelou contra o descaso do poder público, que nunca resolve a situação da superlotação, da qualidade da frota e o alto preço cobrado pela passagem. Por volta das 6h45 mim, passageiros que estavam no Terminal de Integração Leonel Brizola, na Zona Oeste da capital, localizado ao lado do Terminal Rodoviário José Rollemberg Leite, depredaram dois veículos da empresa Viação Cidade de Aracaju (VCA), da linha Circular Cidade I.

O motorista Carlito Santos contou que o ônibus estava tão cheio, que nem as portas ele conseguiu fechar. "Eles queriam que o ônibus saísse da plataforma de qualquer maneira e o fiscal disse que não tinha autorização para sair daquele jeito, então deixei o carro  parado. Como desliguei o veículo, eles quebraram os vidros. Chegou outro carro que o fiscal também não liberou porque estava superlotado, e os vidros também foram quebrados".

Os veículos foram recolhidos para a garagem e o resultado foi trabalhadores e estudantes atrasados para os compromissos diários. O fiscal da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) do terminal, Raimundo Perreira, afirmou que as linhas mais problemáticas com a superlotação são: Circular Cidade I e II, Marcos Freire/Dia e São Cristovão/Zona Oeste. "O problema da superlotação é que não há ônibus suficiente para atender a demanda", denunciou.

Segundo a assessoria de comunicação da SMTT, uma nova linha de ônibus entrou em operação na última segunda-feira, dia 9, para dar suporte a frota do Circular Cidade I. Ainda segundo a assessoria, uma segunda linha estará à disposição dos passageiros até a próxima sexta-feira, dia 13. E uma terceira opção para os usuários deve ser definida nas próximas semanas. A SMTT relatou ainda que existem 540 ônibus para uma média de 230 mil passageiros por dia em Aracaju.

Crise – Por volta das 11h desta terça-feira, 10, a SMTT publicou em uma rede social que o problema acontece por conta de uma crise interna na empresa VCA. "Crise interna da empresa Bonfim afeta circulação da linha Circular Cidade. SMTT está aplicando a lei por queima de viagem. Desde segunda-feira, incluímos mais uma linha (064) para dar suporte. Até sexta entrará outra em circulação (será a 042). Hoje à tarde a SMTT fará reunião com a direção do grupo para contornar a situação. Estamos deslocando linhas e criando outras para o problema da empresa não afetar a população. A empresa deve cumprir com o regulamento e a ordem de serviço firmada com esta autarquia. SMTT irá abrir processo administrativo contra a falta de cumprimento estabelecido. Haverá linha sobreposta à deficitária ainda esta semana".

A equipe de reportagem do Jornal do Dia entrou em contato com a empresa VCA, o gerente geral a empresa, Almir Xavier, informou que o atraso do ônibus da empresa no Terminal de Integração Leonel Brizola ocorrido ontem pela manhã, foi pontual. "Uma carreta quebrou em frente ao Hospital de Urgência de Sergipe e congestionou o trânsito e atrasou o veículo", explicou. Ele ainda assegurou que irá juntar a documentação do GPS do veículo para levar à SMTT, a fim de provar que o atraso aconteceu por conta do trânsito.

Sobre a informação da SMTT, de que a empresa passa por ‘dificuldade’, Almir declarou que não entendeu o uso do termo. "O que eles querem dizer com ‘dificuldade’?", questionou o gerente.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade