**PUBLICIDADE
Publicidade

Sergipe, Flamengo e Bahia: haja coração!


Avatar

Publicado em 07 de fevereiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


* Antonio Passos

Quem me conhece sabe que declaro torcer para três clubes de futebol: o Sergipe, o Flamengo e o Bahia. Tem também as torcidas ocasionais.
Na Copa do Brasil, Copa do Nordeste ou no Campeonato Brasileiro torço para todas as equipes sergipanas. No recente Mundial de Clubes torci pelo Fluminense.
Também sinto uma pitada de preferência quando joga o time de um amigo ou parente querido e o adversário não é um dos meus três do coração.
Nas rearrumações com vistas à temporada 2024 o Flamengo abriu mão de um jogador especial. Felizmente, o craque Everton Ribeiro escolheu ir para o Bahia.
Trata-se de um atleta de 34 anos, mas, o porte físico mignon combinado ao talento com a bola nos pés, certamente renderão frutos na temporada atual e na próxima.
No Flamengo, jogando bem ou nem tanto, o camisa 7 sempre contou com o carinho da torcida, pois, empenho, dedicação e garra nunca lhe faltaram.
O Bahia é o time de Bobô, cantado por Caetano Veloso em Reconvexo. Também do goleiro Lessa, cantado por Gilberto Gil em Tradição.
Este ano o tricolor baiano contará com o autêntico camisa 10 Everton Ribeiro, pronto para reger o meio de campo no estilo ponta de lança.
Flamengo e Bahia buscam dar a volta por cima. O rubro-negro carioca não ganhou nada em 2023. Já a equipe baiana não foi rebaixada para a série B por um triz.
Quanto ao Sergipe a necessidade de recuperação é gigantesca. No maior aperto o mais querido acabou herdando uma vaga para a série D agora em 2024.
Flamengo, Bahia e Sergipe, times populares com torcidas pra lá de apaixonadas. Haja coração!

* Antonio Passos é jornalista

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade