Quinta, 30 De Novembro De 2023
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Vice-prefeito de Arauá é investigado por sequestro de ciganos em Boquim


Avatar

Publicado em 05 de outubro de 2023
Por Jornal Do Dia Se


Os ciganos foram resgatados acorrentados no município de Indiaroba

Milton Alves Júnior
 
A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE) confirmou no início da manhã de ontem que o atual vice-prefeito do município de Arauá, Antônio Bernardo Ferreira Lima (PSB), é suspeito de ter envolvimento no sequestro de dois homens registrados na cidade de Boquim. Conforme apurado pela Superintendência da Polícia Civil, dois ciganos – sendo um idoso e um adulto -, foram vítimas de sequestro praticado por homens armados no Conjunto Jacomilde, periferia da cidade.
O fato aconteceu na noite da última segunda-feira (2). Conforme revelado pelos peritos, toda a ação criminosa foi registrada por câmeras de segurança, instaladas em pontos comerciais e residências. Estas imagens contribuíram diretamente para impulsionar os estudos.
 
Prefeitura – Em nota pública compartilhada aos veículos de imprensa, a Prefeitura de Arauá informou que o fato em apuração: “trata-se de um ato de foro privado do vice-prefeito, não tendo nenhuma relação com as atividades e ações da gestão municipal, que se mantém à disposição das autoridades”.
Antônio Bernardo Ferreira Lima foi conduzido por policiais civis para o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), onde prestou esclarecimentos e em seguida foi liberado. De acordo com a SSP, apesar desta permissão para retornar à cidade de origem, o vice-prefeito permanece sendo investigado pela corporação.
Sobre este caso a Superintendência da Polícia Civil também se manifestou por intermédio de nota oficial. “Informamos que um dos investigados pela situação envolvendo reféns em Boquim é o vice-prefeito de Arauá, Antônio Bernardo Ferreira Lima. Diante da situação, foram cumpridos mandados de busca em endereços ligados ao investigado, tanto em Arauá, quanto em Aracaju. A Polícia Civil informa também que ele foi conduzido ao Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). No Cope, o vice-prefeito de Arauá prestou esclarecimentos e foi liberado. A Polícia Civil ressalta que ele continua na condição de investigado”, destacou.
Caso algum leitor possua informações capazes de colaborar com as investigações, a Secretaria de Estado da Segurança Pública pede que denúncias anônimas sejam protocoladas junto ao setor de inteligência da Polícia Civil.
**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade